Finados

Nome: Finados

Biografia: O culto dos mortos é um dos mais antigos. Os cristãos, primitivamente, recordavam em seus lares seus entes queridos já falecidos. Depois, pouco a pouco, esse culto doméstico foi se transformando numa festa mais abrangente.

O abade de Cluny, santo Odilon, no ano de 998, estabeleceu esta comemoração solene na ordem beneditina, principalmente para orar por aqueles que estavam no purgatório, fixando para esse fim o dia 2 de novembro.No século XIV, Roma aceitou a festa, que se estendeu a toda a cristandade.

A ressurreição da carne, proposta para o dia de hoje, nos faz pensar nos Evangelhos e nos traz a esperança na vida após a morte, pois ela não termina com o sepultamento de nossos corpos, mas renasce para a felicidade junto a Deus. Assim como Jesus, seremos todos ressuscitados. Conforme diz a passagem de João 5,28ss: “...Vem a hora em que todos os que repousam nos sepulcros ouvirão a voz e sairão; os que tiverem feito o bem, para a ressurreição da vida; os que praticaram o mal, vão ressuscitar para a condenação ...”.

Orações: Jesus, Vós sois a esperança dos que vivem e vida e ressurreição eternas dos que já morreram. Escutai os pedidos de vosso povo, recebei em vosso repouso celestial nossos defuntos e aumentai a nossa fé na palavras consoladoras que nos dizem: “Felizes os mortos que doravante morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, descansem dos seus trabalhos, pois as suas obras os seguem.” (Apocalipse 14, 13).Amém.

As almas dos fiéis defuntos, pela misericórdia de Deus, descansem em paz.

Santas almas do Purgatório, rogai por nós.