Santa Iolanda

Nome: Santa Iolanda

Biografia: Filha do rei Bela IV, da Hungria, crescida na Boêmia e esposa do duque de Kalisz, nobre polonês, Santa Iolanda amava a Polônia a ponto de considerá-la sua verdadeira pátria. E é justamente na Polônia que sobrevive a devoção a esta santa cujo nome parecer ser uma palavra de origem grega significando floração de violeta “. Iolanda era sobrinha de Santa Isabel da Hungria e era aparentada com Santa Margarida, a rainha da Escócia”.

Quando menina, Iolanda foi confiada aos cuidados de sua irmã Cunegundes, casada com Boleslau, rei da Polônia. Com o passar dos anos Iolanda também se casou com um nobre polonês. Teve três filhas, das quais duas se casaram; a terceira entrou para o convento das clarissas, para onde se retirou também Iolanda após ter ficado viúva. Viveu retirada no silêncio do claustro até o dia em que foi obrigada a fugir para escapar das incursões dos bárbaros. Deixou assim o mosteiro indo mais para o lado do ocidente, refugiando-se no convento de Gniezno, também de clarissas. Aï viveu até sua morte ocorrida em 1299.

Humilde e piedosa, nos últimos anos de sua vida Iolanda aceitou o cargo de superiora do convento. Seu culto foi aprovado pelo para Urbano VIII

Orações: Senhor Nosso, Pai de Bondade, a exemplo de Santa Iolanda, colocai a humildade em meu coração. Que eu saiba silenciar para melhor ouvir Vossa voz. Sim, Senhor, porque é no silêncio que Vós me falais. Fazei que saiba me colocar humildemente diante do Crucificado para que Ele me faça compreender o que Ele fez por mim e continua a fazer na Eucaristia. Que eu saiba contemplar silenciosamente a Cruz para que o Espírito pouco a pouco me faça descobrir a verdadeira essência do Vossos amor por mim. Amém.

Santa Iolanda, rogai por nós.

Maria, Rainha da Paz, rogai por nós.