Santa Joana D’Arc

Nome: Santa Joana D’Arc

Padroeiro: França

Protetor: Soldados

Biografia: Joana, enquanto rezava em sua pequenina cidade natal, Domremy, aos treze anos, ouviu misteriosas vozes que a convidavam a libertar a França, dominada em grande parte pelos Ingleses. Quatro anos mais tarde, Joana foi levada até a presença do Delfim.( herdeiro do Trono ), que se encontrava nas proximidades de Chinon. Ao falar ao futuro rei Carlos, ela contou coisas secretíssimas, que não poderia conhecer por meios naturais. O Príncipe acabou por se convencer das aptidões sobrenaturais da menina e confiou-lhe o comando das tropas que sitiavam Orleans, e em pouco tempo reconquistaram quase todo o território francês.

Em Reims, o Príncipe foi coroado rei, mas acabou preocupado com a popularidade de Joana, o que o fez firmar um acordo com os ingleses. Joana, entretanto, recomeçou a luta, crente de que tal trégua anularia os esforços de seus exércitos. Numa emboscada, ela caiu nas mãos do conde de Luxemburgo, que a entregou aos ingleses, depois de receber um alto resgate.

Joana foi acusada de bruxa e levada a julgamento. Apelou então ao papa, por julgar com razão a ilegitimidade de tal julgamento.

Entretanto sua petição não chegou a Roma. Antes disso, foi considerada culpada e queimada numa fogueira em Roen, a 30 de maio de 1431. Joana tinha então 19 anos.

O processo foi anulado entre 1450-1456 e Joana declarada inocente. Nesse período, cresceu muito a devoção popular a Joana, e em 1920 o papa Bento XV elevou-a à honra dos altares.

Orações: Concedei-me, Ó Pai a coragem e o espírito de sacrifício de vossa serva Joana D’Arc, a fim de que, pelo seu exemplo e fidelidade, seja eu também um soldado da Causa do Evangelho. Por Cristo Senhor, amém. Santa Joana D’Arc, rogai por nós.