São Fidélis de Sigmaringen

Nome: São Fidélis de Sigmaringen

Biografia: Em princípio era aquele que os pobres chamavam de “advogado dos pobres”, por defender os interesses daqueles que não tinham condições financeiras de custear um advogado. Nascido em Sigmaringen, Alemanha , em 1578, foi aluno brilhante do curso de filosofia e direito na Universidade de Friburgo, na Suíça. Peregrinando por seis anos em várias cidades da Itália , da Espanha e da França, ministrava aos jovens e alunos ensinamentos pelos quais receberia um outro apelido que seria de “filósofo cristão”.
Ao atingir a idade de 34 anos, deixou tudo isso para trás e se destinou ao convento dos capuchinhos vestindo uma humilde batina de São Francisco e cuidando com coragem e caridade daqueles que foram atingidos pela peste. Foram eles que mais apreciaram a sua moradia na região. Em uma missão de paz, São Fidélis foi designado a manter conversações em Recia em plena crise protestante. Mas a sua missão acabou causando a impressão aos habitantes da cidade de que era um santo agente a serviço do Imperador católico. Mesmo assim o santo não se abalou e continuou a ir às cidades fazendo suas pregações.
Um dia, quando estava fazendo um sermão, vários soldados o cercaram solicitando que o santo retirasse tudo que tinha falado e pregado, eles tiveram como resposta o seu “não” de maneira poética e sábia. Recebeu então em sua cabeça um pesado golpe de espadas que poria fim em sua vida. Mesmo assim, ao morrer, pronunciou a palavra de perdão a seus matadores no dia 24 de abril de 1622. Sua canonização foi declarada em 1746 por Bento XIV.

Orações: Bendito seja Deus que concedeu a São Fidélis ser bem firme na Fé, Esperança e Caridade!
Dai-me, Ó Deus, por sua intercessão, ser também eu apóstolo de sua Igreja. São Fidelis rogai por nós.