São Martinho I

Nome: São Martinho I

Protetor: Soldados

Biografia: Sua origem provém de Todi e na Igreja Romana era diácono, mas o seu grande feito seria o de substituir o então papa Teodoro em 13 de maio de 649, logo provou ser linha dura tendo mão forte no governo onde inclusive não aguardou o consentimento da sua eleição pelo então Imperador Constante II. Por disputas políticas das quais Martinho participou de modo a incomodar o Imperador com a sua atitude, este último ordenou que o exarca de Ravena de nome Olímpio assassina-se Martinho em meio à celebração de uma missa em que ambos estavam presentes, mas ao tentar cravar o punhal, Olímpio foi atingido por uma intensa luz que o cegaria totalmente. Este acontecimento convenceu o próprio Olímpio da santidade que esteve disposto a matar, deste modo trocou de atitude e tentou a reconciliação com o santo.
O Imperador cônscio da morte em 653 de Olímpio conseguiu concretizar a sua vingança com o mais novo exarca que seria Teodoro de Calíopa que prende o papa. Neste momento a acusação era, de Martinho Ter apossado ilegalmente do cargo de papa e assim inicia o seu longo período de martírio e dor, onde se somava as piores barbáries que homem já presenciou. Ao longo de todo esse sofrimento tentava manter a vontade do corpo mais por último e derradeiro fim foi prisioneiro e submetido à falta de comida que o enfraqueceria até a morte em 16 de setembro de 655.

Orações: Ó Deus que destes ao Vosso Servo, S. Martinho I a Graça da fidelidade, até o fim de sua vida, concedei-me ser sempre perseverante e fiel a Vos e a Santa Igreja e concedei-me, por sua intercessão, a Graça que vos peço.Por Cristo Jesus. Amém. S. Martinho I, rogai por mim.